Polo de Moda Íntima de Nova Friburgo

 

O Polo de Moda Íntima de Nova Friburgo e Região reúne mais de 1.400 confecções, na sua maioria sindicalizadas. A maior parte das lojas do setor está concentrada nos circuitos de Olaria, Conselheiro Paulino e Ponte da Saudade. As confecções de pequeno, médio e grande porte estão espalhadas pelos bairros da cidade e pelos municípios que ficam em seu entorno.

Além de vender para sacoleiros, varejistas e lojas de departamento, o polo de moda íntima também trabalha com exportação.

Do ponto de vista econômico, Friburgo tem uma longa história com a indústria têxtil e mesmo em meio às crises econômicas que o país enfrentou em diferentes épocas, inclusive no ano passado, conseguiu se reinventar.

A história da indústria têxtil em Nova Friburgo é centenária. A primeira indústria foi fundada em 1911 por um imigrante italiano, que trabalhava com acabamento de roupas e produção de véus. A partir de 1940 começam a surgir as metalúrgicas e o auge industrial acontece em 1950.

A moda íntima ganha força em 1990, um período que houve um declínio econômico em todo o país e muitas indústrias de grande porte faliram. Com isso, os desempregados que tinham capacidade técnica começaram a abrir suas próprias confecções. Eles já sabiam produzir materiais, como calcinhas e sutiãs. Então com pequenas máquinas deram início as suas produções. O investimento só obteve sucesso porque os trabalhadores investiram naquilo que sabiam fazer.

Em consequência da grandiosidade e sucesso deste pólo de moda íntima, Nova Friburgo sedia todos os anos, a feira mais bem sucedida do setor de lingerie, fitness, moda praia e matéria-prima da América Latina, a Fevest. O evento conta com mais de 190 estandes de expositores, oferecendo oportunidade para empresários do ramo, além de desfiles e tendências.